Pesquisa Certus/Fiern: Fátima consolida liderança com 36,24%; Carlos Eduardo, 21,21% e Robinson tem 10,43%

Fátima, Carlos Eduardo e Robinson Faria, os três mais citados, nesta ordem (Foto: Reprodução)

A duas semanas do dia das eleições, a mais nova rodada da pesquisa Certus/Fiern mostra uma redução dos percentuais dos eleitores que afirmam, na intenção de voto para governador, estarem indecisos ou com disposição de não votar em nenhum dos candidatos. Ao mesmo tempo, há oscilações positivas ou crescimento dos percentuais das candidaturas. A pesquisa foi aplicada entre os dias 14 e 17 de setembro.

Na sondagem estimulada, na qual são apresentados os nomes dos candidatos durante a aplicação dos questionários, Fátima Bezerra (PT) tem 36,24% das intenções de voto, seguida por Carlos Eduardo (PDT), com 21,21%. Robinson Faria (PSD) aparece com 10,43%. Os demais candidatos têm abaixo de dois pontos percentuais: Brenno Queiroga (Solidariedade), com 1,99%; Professor Carlos Alberto (PSOL), 1,91%; Dário Barbosa (PSTU), com 0,43%; Freitas Júnior (Rede), 0,43%; Heró Bezerra (PRTB), 0,21%. Ainda responderam “nenhum”, 19,65%; e “não sabe”, 7,52%.

Ao considerar apenas os votos válidos — ou seja, as opções feitas por um dos candidatos, sem computar nulos, brancos e indecisos, que é como a Justiça Eleitoral calcula e oficializa o resultado na apuração dos votos — Fátima Bezerra tem 49,76%. Isso significa que ela pode variar, no limite da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, entre 46,76% e 52,76%. Carlos Eduardo fica, na soma dos votos válidos, com 29,11%, ou seja, uma possibilidade de variação entre 26,11% e 32,11%. Robinson faria aparece com 14,31%, possibilidade de variar entre 11,31% e 17,31%.

Rejeição

A pesquisa também perguntou aos eleitores em qual candidato não votaria de jeito nenhum. Robinson Faria tem rejeição de 36,10%, com maior índice entre as mulheres (37,96%). A rejeição de Fátima Bezerra é de 13,30%; com índice maior entre os homens, chegando a 16,36%. Carlos Eduardo tem rejeição de 9,49%, com percentual mais elevado entre os homens, com 11,21%. A rejeição dos demais candidatos foi a seguinte: 2.5%, no caso de Dário Barbosa; 2% Brenno Queiroga; 1,69%, Heró Bezerra; 1,25%, Freitas Júnior; e 1%, professor Carlos Alberto. Ainda há os que rejeitam todos (12,8%), rejeita nenhum (18,18%).

Nas intenções de voto espontâneas, na qual o entrevistador não cita o nome dos candidatos para indagar sobre a preferência do eleitora os percentuais foram os seguintes: Fátima Bezerra, 22,70%; Carlos Eduardo, 12,77%; e Robinson Faria, 5,82%. Afirmam “nenhum”, na espontânea, 20,43%; e não sabe, 36,24%.

Segundo turno

Independentemente da decisão sobre em quem vai votar, consideram que Fátima Bezerra vai para o segundo turno, 34,63%. Afirmaram que Carlos Eduardo vai para o segundo turno 28,18%; e Robinson Faria, 16,02%.

A pesquisa aplicou três cenários para o segundo turno: Fátima Bezerra 47,80% X Carlos Eduardo 32,98%; Carlos Eduardo 51,91% X Robinson Faria 19,65%; Fátima Bezerra 55,32% X Robinson Faria 18,37%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os números: BR-04034/2018 e RN-07782/2018.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *