Honda, referência na venda de carros e motos

Compreenda o que fez da marca japonesa uma referência no mercado automobilístico (Imagem: Pixabay)

A Honda é uma das principais marcas de carros e motos de todo o mundo. Aliás, as motos Honda estão entre as mais renomadas e populares do mercado, sendo uma líder de vendas de motocicletas aqui no Brasil. A fábrica mais importante da companhia aqui no Brasil, instalada na Amazônia em 1976, produz motores estacionários, quadriciclos e motos.

Mas como surgiu a Honda? Qual a sua história? Por que ela fez tanto sucesso? Como ela se tornou uma referência na venda de carros e motos? Tudo isso e muito mais será explicado adiante.

A história da Honda

A história da marca Honda se inicia na cidade de Hamamatsu, em 1946, no Japão, quando Soichiro Honda cria a Honda Tecnical Research Institute. Passados dois anos, foi fundada a Honda Motor Co.Ltda e no mês de agosto de 1949 era confeccionado o primeiro protótipo de motoneta da marca, o modelo Dream D de 98 ciindradas com um motor de dois tempos.

Posteriormente, no ano de 1951, a moto conseguia vender cerca de 150 unidades diariamente, atestando o tremendo sucesso de empresa em investir nesta modalidade de veículo. No ano seguinte, a empresa lançou uma moto de 50 cilindradas que recebeu o nome de F-Type. Aliás, essa moto conseguiu atingir a marca de 6500 unidade vendidas por mês.

A Super Cub, classificada como a moto mais vendida da história, veio em torno de 10 anos depois. No ano de 2008, o modelo atingiu o índice de 60 milhões de unidades vendidas em 160 países em todo o planeta.

Já em 1953, a companhia decidiu apostar na confecção de produtos de força tipo H, para usos em geral. Por outro lado, o segmento de motos se expandia a um ritmo intenso, com direito a exportação para vários outros países.

Em 1963, a marca entrou para o segmento de automóveis por meio do lançamento do carro esporte S500 e também do caminhão leve T360. Poucos anos mais tarde, já em 1966, chegou o momento do lançamento do veículo N360.

Contudo, foi em 1972 que todo o mundo automobilístico foi positivamente abalado e transformado com o lançamento do Honda Civic. Esse carro se tornou um verdadeiro sucesso de vendas. Além disso, nessa mesma década foi realizada a fabricação pioneira do motor de automóveis com combustão controlada por Vortex Composto, que diminuía a emissão de gases poluentes a níveis bem pequenos.

Agora, aqui no Brasil a história da Honda começou em 1971, quando simplesmente não existia mercado para motos no país. Depois da fundação da Honda Motor do Brasil, aumentou-se a importação de motos e, após 2 anos, a de produtos de força, como geradores, motores, moto bombas e estacionários.

A importação de automóveis da Honda aqui no Brasil começou em 1992. Em um primeiro momento, isso se deu com a venda do Honda Accord, o Accord Wagon, o Civic CRX, Civic Sedan, Civic Prelude e o Civic esportivo hatchback. A propósito, a década de 1990 foi o momento da introdução de diversas linhas e modelos de motos.

As razões do sucesso das motos da Honda no Brasil

A cada ano que se passa, a Honda nacionaliza mais e mais a produção de suas motos. Isso não ocorre à toa: as motos da marca controlam mais de 80% do mercado de motos no Brasil. Contudo, só a nacionalização por si por explica o sucesso das motos da marca aqui no país.

Em linhas gerais, os fatores que elucidam o tamanho da popularização das motos da marca em território brasileira são estes listados adiante:

A qualidade das motos

Um dos principais motivos que auxiliam a Honda a ter sucesso por aqui é o grau de qualidade das motos. Elas possuem um reduzido custo de manutenção, além de ser a primeira marca a proporcionar inovações tecnológicas de peso para as motos de baixa cilindrada. Quanto mais avançada a tecnologia, menores os custos de manutenção, maior é a durabilidade e maior é o preço no momento da revenda.

O momento do pós-venda

Além das motos da Honda serem excelentes, o pós-venda da companhia é totalmente incomparável. Absolutamente todos os mecânicos das concessionárias são obrigados a efetuarem um treinamento minucioso antes de começarem a trabalhar com as motos. Além disso, o valor das revisões concretizadas nas concessionárias da marca é igual ou pouca coisa maior do que aquelas efetuada no mercado paralelo.

Peças baratas e custos de manutenção baixos

Independente de você estar comprando uma peça original ou um exemplar no mercado paralelo, o preço dela é muito menor do que aquele apresentado pela concorrência. Desse modo, a longo prazo, fica muito mais em conta realizar a manutenção de uma moto da Honda do que de outra marca.

O sucesso da Honda como um todo

Todas as atividades realizadas pela empresa possuem como foco prioritário satisfazer o grau elevado de exigência da clientela da marca. A filosofia de trabalho deles nada mais é do que aumentar o potencial e trazer alegria para a vida das pessoas em geral, através das soluções de mobilidade.

O sucesso e a posição da marca no ranking de empresas fortes e renomadas acontece em razão, entre outras estratégias empregadas pela empresa, do seu trabalho de construção da imagem da marca, mas igualmente por uma ação firme de trade marketing, junto a concessionárias.

De fato, parte do lucro que a companhia obtém ela reaplica em fortalecimento da marca e expansão das vendas no Brasil ocorre diretamente na ativação das vendas na ponta do consumo, valendo-se nesse caso do suporte de sua rede de distribuidores.

Nos segmentos de SUVs e sedãs, a marca sempre tem seus modelos entre os cinco mais vendidos no Brasil, tendo o Honda Civic e o HRV como modelos de destaque.

Agora você sabe por que a fabricante Honda é uma verdadeira referência quando o assunto é venda de motos e carros no Brasil e também no mundo. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!