Em evento com correligionários, Bolsonaro anuncia três nomes para eventuais ministérios

Bolsonaro dá entrevista coletiva em hotel na Barra da Tijuca (foto: Cesar Sales/Agência O Dia)

O candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro, disse em coletiva de imprensa que o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM) seria o seu chefe da Casa Civil, general Augusto Heleno, seu ministro da Defesa e o economista Paulo Guedes, seu ministro da Fazenda. A declaração foi dada em evento com apoiadores em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, ao lado do filho, Flavio Bolsonaro, de Arolde de Oliveira (PSD-RJ), ambos eleitos senadores,e da deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL-PR).

Em sua primeira coletiva após o primeiro turno, Bolsonaro iniciou o discurso agradecendo a Deus por sobreviver ao atentado de Juiz de Fora, onde recebeu uma facada. O candidato à vice-presidência, general Hamilton Mourão, e o assessor econômico Paulo Guedes não participaram da entrevista, que durou menos de meia hora.

Por cerca de 15 minutos, Bolsonaro falou abertamente, em seguida, permitiu que a imprensa fizesse algumas poucas perguntas. (Com informações Estadão Conteúdo).

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *