Com investimento de R$ 8 milhões, Cosern reconstrói e reforça capacidade de operação da subestação Gangorra, em Grossos

Subestação Gangorra depois das melhorias (Foto: Luciano Lellys)

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa do Grupo Neoenergia, investiu R$ 8 milhões na reconstrução física e no reforço da capacidade operacional da subestação Gangorra, localizada próximo ao entroncamento das rodovias que dão acesso aos municípios de Tibau e Grossos, na região Oeste.

Com a nova estrutura da subestação, a Cosern reforçou a confiabilidade do sistema elétrico da região e do fornecimento de energia para 33 mil consumidores nos municípios de Mossoró, Grossos e Tibau – destino turístico cuja população de 5 mil habitantes se aproxima de 100 mil durante o verão.

A subestação Gangorra também passou a atender com mais capacidade operacional as empresas de fruticultura irrigadas e salineira instaladas no entorno e ampliou a infraestrutura necessária para atrair novos investimentos para a região pelos próximos 10 anos.

O transformador da subestação Gangorra foi substituído por um de 12,5 MVA de potência e o número de alimentadores (circuitos de média tensão) cresceu de 02 para 03. Com isso, o novo equipamento da Cosern está funcionando com um sistema elétrico ainda mais dinâmico que flexibiliza manobras operacionais (transferências de cargas) entre as subestações Gangorra, Maísa e Grossos e reduzirá significativamente as ocorrências que por ventura venham a ocorrer na região.

A obra de reconstrução da subestação Gangorra faz parte do plano anual de investimentos da Cosern, que até o final de 2018 será da ordem de R$ 333 milhões (20% a mais do que em 2017). Entre janeiro e junho de 2018, a concessinária investiu R$ 40 milhões em obras de expansão e manutenção na região Oeste e o planejamento até o final do ano é de mais R$ 80 milhões. Somente em Mossoró, o planejamento de investimentos da Cosern é de R$ 19 milhões até o final de dezembro.

Também foram ampliadas as subestações Apodi e Pau dos Ferros. Além das obras mencionadas, foram renovados equipamentos nas subestações Grossos, Almino Afonso, Estreito, Macau, Assu e São Miguel do Oeste e construídos novos alimentadores (circuitos de Média Tensão) nas subestações Serra Vermelha (Areia Branca) e Guamaré.

Até o final do primeiro semestre de 2019, a Cosern vai colocar em operação uma nova subestação no município de Itajá.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *