Areia-branquense é vencedora do Programa Iniciativa Jovem UnP com projeto desenvolvido em Redonda

0 Camila-590x443Camila Melo, uma das vencedoras do prêmio com trabalho desenvolvido no projeto Arserfe (Foto: Reprodução) 

A Universidade Potiguar (UnP) divulgou os nomes dos vencedores do Programa Iniciativa Jovem UnP 2015 e um deles é de Areia Branca. Trata-se de Camila Melo Dantas, 23 anos, que estuda Administração no Campus Mossoró da instituição. Ela teve reconhecida sua atuação junto ao projeto a Arte de Ser Feliz (Arserfe).

De cunho social, o projeto Arserfe é desenvolvido na comunidade de Redonda, neste município, por meio de voluntários e pessoas como Camila Melo, que sempre se dispôs a colaborar com as atividades voltadas para as crianças, jovens e idosos da localidade.

O Programa Iniciativa Jovem UnP é uma ação regional desenvolvida pela UnP como integrante do Prêmio Laureate Brasil. Agora, Camila Melo vai representar o RN na etapa nacional do Prêmio Laureate Brasil. A cerimônia de premiação acontecerá em novembro, em Salvador (BA).

Os premiados receberão um certificado de reconhecimento promovido pela Sylvain Laureate Foundation em parceria com a International Youth Foundation (IYF), uma organização global sem fins lucrativos dedicada exclusivamente a preparar jovens para serem cidadãos saudáveis, produtivos e engajados.

Além disso, os jovens selecionados receberão um prêmio de R$ 2 mil para ser investido em seu respectivo projeto, como forma de apoio à iniciativa e estímulo a outros parceiros também apoiarem os projetos escolhidos; e participarão de um curso de capacitação de Empreendedorismo Social, presencial e on-line, com o intuito de trazer conteúdos acadêmicos atualizados e que ofereçam ferramentas para uma formação técnica oportuna e necessária aos jovens empreendedores.

A cerimônia de premiação e a capacitação presencial acontecerão em novembro em Salvador, com os custos pagos pelas instituições parceiras do prêmio.

Arserfe

O projeto nasceu no ano de 2012, criado por um grupo de jovens empenhados e dedicados em querer fazer a diferença na sua comunidade. O projeto oferece oficinas de dança, aula de canto, violão, capoeira, futsal, vôlei, recreação e leitura para cerca de 100 crianças e jovens da comunidade, com o objetivo de levar a eles o conhecimento, prevenção ao uso do álcool e drogas. “Procuramos manter nossa cultura regional e oferecer muito lazer para tirá-los dos momentos de ociosidade, agregando conhecimento e acreditando na transformação social de cada um”, conta Camila.

O Arserfe conta hoje com um grupo de 25 voluntários que conciliam seus estudos, trabalhos e outros compromissos paralelamente com o serviço voluntário, e com a comunidade que está abraçando com carinho o nosso projeto.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *