Adeptos das religiões de matriz africana buscam apoio da Câmara para instalar imagem de Iemanjá na praia

Duarte Júnior (centro) recebeu comissão na manhã de quarta-feira

Uma comissão formada por adeptos das religiões de matriz africana em Areia Branca se reuniu com o presidente da Câmara Municipal, vereador Duarte Júnior (Podemos), na quarta-feira, 10. No encontro, pediram o apoio do parlamentar para a definição de um local adequado para instalação de uma imagem de Iemanjá na praia de Upanema.

Desde algum tempo os adeptos das religiões de matriz africana na cidade vêm fomentando um movimento com o objetivo de instalar uma imagem da “Rainha do Mar” num ponto da praia de Upanema que seja acessível e possua um mínimo de infraestrutura. E lembram que naquela praia tinha uma imagem, em local de destaque, mas foi retirada inexplicavelmente e para “compensar” instalaram uma outra que em nada se parecia com a anterior, num local totalmente inadequado.

Na conversa com o presidente da Câmara, Duarte Júnior, os membros da comissão afirmaram que a luta encampada por eles e os demais adeptos e simpatizantes do movimento, visa a instalação, por parte do Executivo municipal, de uma imagem de Iemanjá num local da praia onde possam realizar, entre outros eventos, a tradicional Louvação à Iemanjá que acontece no dia 31 de dezembro.

Duarte Júnior se colocou à disposição do grupo e disse que vai levar o assunto aos demais vereadores, antecipando que pessoalmente tratará do tema com o Executivo no sentido de viabilizar o pleito. “Temos respeito a todos os segmentos religiosos e com as religiões de matriz africana não é diferente”, destacou.

A comissão apresentou ao presidente o desenho de uma imagem sugerida para instalação na praia 

Além do lado religioso, a colocação de uma imagem destacada de Iemanjá na orla marítima é defendida como incremento para o turismo religioso, tendo em vista o município já possuir um calendário de eventos onde se destacam a festa de Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira dos marítimos, em agosto, e o Dia do Evangélico, comemorado em novembro. A data foi instituída como feriado municipal por iniciativa do vereador Duarte Júnior.

Como a Câmara está em recesso e os vereadores só devem retomar as atividades em plenário no início de agosto, o presidente Duarte Júnior vai aproveitar este período para analisar a minuta de um projeto entregue pela comissão na reunião de quarta-feira. “Vamos analisar o que o pessoal já tem em mãos, fazer as adequações necessárias para posteriormente nos reunir novamente para tratar da questão com mais profundidade”, reforçou.

Fotos: Jailton Rodrigues 
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *