Terminal Salineiro de Areia Branca volta a operar depois de nova vistoria do Ministério do Trabalho e Emprego

Operações no Terminal Salineiro foram retomadas nesta quinta-feira (Foto: Reprodução)

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) informou que o Terminal Salineiro de Areia Branca voltou a operar nesta quinta-feira, 14, após duas semanas com o carregamento de sal marinho suspenso.

As operações no Porto-Ilha, que fica a 14 quilômetros de Areia Branca, estavam suspensas desde o início do mês, por causa de irregularidades na documentação e sinalização fato constatado em inspeção feita pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Em nota divulgada à imprensa, a Codern comunicou a a desinterdição do Terminal Salineiro de Areia Branca, ocorrida às 8h desta quinta-feira, após nova vistoria realizada pelo MTE na tarde da quarta-feira, 13. “A plataforma localizada no Oceano Atlântico é responsável pelo escoamento do sal produzido no Rio Grande do Norte e já está novamente em funcionamento. A interdição ocorreu no dia 1º de dezembro e a Codern vai intensificar esforços para evitar prejuízos econômicos”, disse a companhia em nota.

Quanto às duas semanas que ficou sem operar, a Codern disse apenas que “vai trabalhar para não ter prejuízos”.

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de sal marinho do país. E é pelo Porto-Ilha que sai todo o sal produzido no Estado. Ainda segundo a Codern, por mês são carregados, em média, 150 mil toneladas de sal bruto. Os principais destinos são os Estados Unidos e Europa.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *