Secretária da Mulher vai se empenhar para casamento coletivo ser uma cerimônia inesquecível

Bárbara França é a titular da pasta da Mulher (Foto: Reprodução)

Com bastante antecedência a Prefeitura de Areia Branca, por meio da Secretaria Municipal da Mulher e de Promoção à Cidadania, já está trabalhando nos preparativos para a cerimônia de casamento civil coletivo que acontecerá durante a edição do Projeto Justiça na Praça em Areia Branca, na segunda quinzena do mês de outubro.

A secretária da Mulher, Bárbara França, disse que neste primeiro dia de inscrições para o casamento coletivo a procura foi muito boa, o que sinaliza uma cerimônia com muitos casais, visto que a orientação da prefeita Iraneide Rebouças (PSD) é que sejam inscritos todos que procurarem a secretaria.

Bárbara França informa que ainda vai se reunir com a prefeita Iraneide para se inteirar da programação do Justiça na Praça e definir todo o cronograma da cerimônia de casamento, bem como os demais serviços que a Secretaria da Mulher disponibilizará à população no dia da ação.

Sobre o casamento coletivo, Bárbara afirma que empreenderá todos os esforços para proporcionar aos noivos um momento totalmente agradável e importante. “Com essa ação vamos garantir o direito civil para que as pessoas consigam ter suas uniões afetivas legalizadas”, disse.

Para tanto, Bárbara orienta que os casais interessados em participar do casamento coletivo organizem toda a documentação para efetivar a inscrição e, consequentemente, garantir presença na cerimônia.

“Será com grande alegria que nossa equipe receberá os casais que participarão do casamento coletivo em outubro. Já estamos nos debruçando nos preparativos para no grande dia estar tudo organizado, para propiciar aos noivos um momento inesquecível para selarem sua união”, reforça a secretária Bárbara.

Justiça na Praça

Iniciativa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) o Projeto Justiça Na Praça é desenvolvido em parceria com as prefeituras, com oferta de diversos serviços gratuitos à comunidade.

O projeto é uma grande ação de solidariedade, por meio da qual se reúne em um mesmo período e espaço público, magistrados e servidores do poder judiciário estadual com a parceria da prefeitura municipal para oferecerem à população atividades jurídicas (conciliações, assessoria jurídica, registro de ocorrências, ajuizamento de ações), além de importantes programas e projetos desenvolvidos no âmbito do município.

Além dos diversos serviços gratuitos, o projeto ainda proporciona a realização do Casamento Coletivo, um dos pontos altos do Justiça na Praça.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *