Robinson e Fábio Faria confirmam doações e não propina da JBS; Caern não será privatizada

Robinson Faria reage às declarações de delator da JBS (Foto: Reprodução)
Robinson Faria reage às declarações de delator da JBS (Foto: Reprodução)

Sobre a citação do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD) e do deputado federal Fábio Faria (PSD) na delação da JBS, foi divulgada pelos dois a seguinte nota de esclarecimento:

1 – Ambos informam que conheceram a JBS no período eleitoral e confirmam que receberam doações da empresa citada, somente durante o período de eleições, oficialmente, legalmente, devidamente registradas na Justiça Eleitoral e sem qualquer contrapartida nem ato de ofício;

2 – Não existia, da parte de Robinson e Fábio Faria, qualquer motivo para que houvesse desconfiança em relação à origem da doação feita por meio de contatos do PSD Nacional;

3 – É importante ressaltar que, desde a campanha eleitoral, Robinson Faria tem destacado em inúmeras declarações públicas e entrevistas que não pretende e nem irá privatizar a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), o que seria, segundo o delator, a motivação do suposto pagamento irregular;

Deputado Fábio Faria é citado como um dos que teria recebido propina (Foto: Reprodução)
Deputado Fábio Faria é citado como um dos que teria recebido propina (Foto: Reprodução)

Por fim, Robinson e Fábio Faria consideram absurdas as declarações do delator que chama de propina contribuições eleitorais lícitas, com o claro objetivo de se livrar de crimes graves praticados.

A nota é assinada por Robinson Faria, governador do RN, e Fábio Faria, deputado federal pelo RN.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *