Natalis é reconhecido como Patrimônio Cultural de Mossoró; espetáculo é encenado desde 2015

Evento já era considerado pela população como parte do calendário cultural de Mossoró

O espetáculo Natalis, apresentado pelo Colégio Diocesano por meio do Grupo Diocecena e o Coral Santa Luzia, teve reconhecimento na Câmara Municipal de Mossoró como Patrimônio Cultural da cidade, conforme Art. 179 da Lei Orgânica Municipal. O Projeto de Lei, votado e aprovado no dia 22 de novembro, é da presidente do Legislativo, Izabel Montenegro (PMDB).

A proposta, aprovada por unanimidade, reconhece que o Natalis é um “evento presente no imaginário popular dos cidadãos de Mossoró e resgata anualmente nossas raízes históricas, pautadas nas expressões culturais de religiosidade católica”, descreve a pauta, que garante ainda “apoio e a manutenção do evento, que a cada ano reafirma a fé cristã, trazendo fiéis de todos os cantos do Estado”.

“O Natalis já era considerado pela população como parte do calendário cultural de Mossoró e agora recebemos com muita alegria esse reconhecimento da Câmara Municipal. Agradecemos à vereadora Izabel Montenegro e aos demais colegas da Casa. Estamos muito felizes: Colégio Diocesano, Diocecena, Coral Santa Luzia, e com certeza, todos os admiradores desse espetáculo, que nos mostra de forma tão encantadora a história do nascimento de Jesus Cristo”, comemora o diretor do Colégio Diocesano, padre Charles Lamartine.

Desde 2015, o Natalis é encenado no adro da Catedral de Mossoró, sob a direção da coreógrafa Roberta Schumara. O espetáculo conta a história do nascimento de Jesus por meio da música, dança e teatro, com Diocecena, Coral Santa Luzia, Shalom e atores convidados. Este ano, em sua terceira edição, teve a paz como mensagem principal, encantando o público que acompanhou as quatro noites de apresentação (23 a 26 de novembro).

Fotos: Guilherme Ricarte 

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *