Contas de luz ficarão mais baratas em dezembro graças a melhoras nas previsões meteorológicas

Nova bandeira tarifária decorre de previsão de chuva em bacias hidrográficas (Foto: Divulgação/Eletrobras)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na noite de sexta-feira, 29, que as contas de luz vão ficar mais baratas em dezembro. A bandeira tarifária, que estava vermelha (patamar 1) em novembro, passará para a amarela no próximo mês.

A bandeira amarela tem custo extra de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh). A bandeira vermelha patamar 1 custa R$ 4,169 por kWh.

Em nota, a agência afirmou que as previsões meteorológicas sinalizam melhora nas condições de chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), “caracterizando o início do período úmido na região dessas bacias”.

“A previsão hidrológica para o mês é a de que as vazões afluentes aos principais reservatórios se elevem gradativamente, mas ainda atingindo patamares abaixo da média quando comparadas às referências históricas”, disse a agência, em comunicado.

Entenda as bandeiras tarifárias

O sistema de bandeiras tarifárias foi instituído pela agência em 2015, com objetivo de sinalizar ao consumidor o custo real da geração de energia elétrica. A Aneel define a bandeira tarifária mensalmente, com base nas condições climáticas e no nível de água nos reservatórios das usinas hidrelétricas.

As cores das modalidades –verde, amarela ou vermelha– indicam se haverá ou não acréscimo a ser repassado ao consumidor final. Para o acionamento das bandeiras, são considerados o custo de geração térmica mais cara, a expectativa de chuvas e o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. (Com informações Poder 360).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *