Comissão da AL propõe obrigatoriedade para bancos melhorarem serviços ao cliente

O presidente da Comissão, deputado Jacó Jácome, anunciou que a pauta foi zerada (Foto: João Gilberto/ALRN)

A obrigatoriedade das agências bancárias e dos correspondentes bancários de colocarem à disposição dos usuários pessoal suficiente em todos os seus setores, para que o atendimento seja efetivado em tempo razoável é o que determina o Projeto de Lei, 53/18, aprovado na reunião da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho (CASPT), realizada nesta terça-feira-feira, 11.

“Esse Projeto quando transformado em Lei vai proporcionar uma melhoria na qualidade dos serviços prestados pelos bancos e outras instituições do gênero, no tocante a rapidez e eficiência. Esses setores lucram muito, mas nem sempre investem em servidores para que a clientela, que dá lucros aos bancos, tenham um atendimento adequado”, destacou o deputado e autor da matéria, Hermano Morais (MDB)

Ao todo a Comissão discutiu, votou e aprovou 14 matérias. Entre elas está o Projeto de Lei 77/18, de autoria da deputada Cristiane Dantas (PPL), dispondo sobre a Política Estadual de Incentivo à Reciclagem e ao Meio Ambiente.

A matéria busca reduzir os impactos ambientais causados pela atividade pública, bem como incentivar o uso, a comercialização e a industrialização de materiais recicláveis.

Ao final da reunião o presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho, deputado Jacó Jácome (PSD) frisou que a pauta foi zerada, com discussão de todas as matérias que chegaram até agora ao grupo de trabalho e destacou uma matéria de sua autoria que foi aprovada nesta terça-feira.

“A nossa missão está sendo cumprida com muita responsabilidade na discussão e votação de matérias, o que será feito até o fim desse período legislativo. Quero destacar uma matéria de nossa autoria, hoje aprovada, que dispõe sobre uma campanha de mensagens educativas no combate ao uso do álcool e drogas em shows, eventos culturais e esportivos voltados ao público infanto-juvenil”, afirmou o deputado Jacó Jácome.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *