Caern completa 48 anos de prestação de serviços ao povo e desenvolvimento do RN

Caern, quase meio século prestando serviços ao povo potiguar (Foto: Divulgação/Caern)

Quarenta e oito anos prestando serviços em abastecimento de água e esgotamento sanitário no Rio Grande do Norte. Em quase cinco décadas, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) registra sua marca na história do desenvolvimento do Estado e, ao mesmo tempo, se estrutura para uma nova fase.

Em um cenário de crise financeira no país e crise hídrica no interior, a empresa tem se destacado no trabalho desenvolvido no esgotamento sanitário de toda a capital e implementando estudos para abastecimento alternativo de cidades do interior que estão sofrendo com a escassez de chuva.

Feito difícil, tendo em vista que obras em esgotamento e abastecimento são investimentos caros, demorados e que exigem intervenções que mexem com a rotina de uma cidade. Na medida de sua necessidade e disponibilidade financeira, a Caern vem contratando novos concursados para aperfeiçoar e ampliar o quadro, que vem também se renovando também, ano a ano.

Em outra frente, vem realizando licitações e gerencia contratos na área de operação e manutenção, buscando renovar tubulações que já estão com a vida útil ultrapassada, concluir reparos que não foram terminados após serviços realizados em calçadas e ruas da capital. “A Caern tem empreendido, sempre buscando cumprir sua missão de bem atender a população”, afirma a diretora de Empreendimentos da Caern, Geny Formiga.

Na área comercial, o relacionamento com o cliente vem sendo ampliado para que as demandas cheguem com mais conforto, menos erros e, ao mesmo tempo, sejam atendidas nos prazos estabelecidos. O serviço de telefone 115 estão se ampliando no interior do Estado, e ganhou o reforço da loja virtual, novos postos de atendimento presencial e o canal virtual pelo site.

Paralelamente, comissões de empregados trabalham para adequar a companhia à lei federal 13.303/2016, que cria o estatuto jurídico da sociedade de economia mista, e bate à porta exigindo uma maior transparência de suas atividades. “São mudanças importantes, necessárias, e que exigem um planejamento orçamentário responsável, tendo em vista o cenário de dificuldades financeiras que atingem o nosso país. Hoje, trabalhamos para reinventar a Caern e torná-la uma empresa adequada aos novos tempos”, explica Marcelo Toscano, diretor presidente. E complementa, “a missão da Caern é das mais nobres, com o trabalho desenvolvido, em uma das principais obras do Estado, estamos levando mais saúde e qualidade de vida para o povo potiguar”. (Ellen Rodrigues – ACS Caern).

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *