Amanda Nunes faz o impossível, nocauteia Cris Cyborg em 52s e é a primeira campeã dupla do UFC

Amanda Nunes nocauteou Cris Cyborg aos 51s do primeiro round (Foto: Getty Images)

O mundo parou por 52 segundos. E, quando voltou a girar, o UFC tinha uma nova campeã dos pesos-penas. A baiana Amanda Nunes, que já detinha o cinturão dos pesos-galos da organização, fez história e se tornou a primeira mulher a deter dois cinturões do UFC ao nocautear ninguém menos que Cris Cyborg aos 51s do primeiro round em Los Angeles.

“É incrível. Me ajudem a acreditar! Eu esperava que a luta fosse assim. Eu sou a primeira campeã dupla do UFC. Eu disse que seria assim. Dana, eu quero meu lugar no Hall da Fama. Eu sou uma leoa, e leoas fazem assim. Eu sinto o cheiro de sangue. Meu técnico sempre me diz para ficar calma para conseguir ver tudo”, disse Amanda, emocionada após receber o novo cinturão.

Foto: Getty Images

A luta começou de forma frenética, com as duas lutadoras buscando a trocação franca. Cyborg tomou a iniciativa da luta, mas Amanda Nunes mostrou que a sua precisão poderia fazer a diferença. Após receber um soco de raspão, Amanda acertou dois golpes que derrubaram Cyborg pela primeira vez. A curitibana se levantou, mas uma série de golpes em sequência acabaram com o maior reinado do MMA feminino na história. Caída com o rosto no chão, Cris Cyborg não chegou a ver Amanda Nunes subir na parece do octógono já comemorando a sua vitória. (Com informações Canal Combate).

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *